Unlimited AE and Premiere Pro templates, videos & more! Unlimited asset downloads! From $16.50/m
Advertisement
  1. Photo & Video
  2. Post-Processing

Você sabe corrigir uma foto desfocada?

by
Difficulty:BeginnerLength:LongLanguages:

Portuguese (Português) translation by Melodia Carvalho (you can also view the original English article)

Existe alguma maneira de corrigir uma imagem desfocada? A resposta curta "não", mas talvez, em alguns casos, possamos chegar muito perto.

Opção Premium

Neste tutorial eu vou conduzir você através de uma série de técnicas para corrigir imagens borradas. Mas se quiser tomar um atalho, você pode usar a ação Sharpen Master para Photoshop, que lhe permite aplicar diferentes algoritmos de Nitidez com um clique.

Sharpen Master Photoshop action

Você também pode tentar um dos serviços premium de edição de fotos no Envato Studio, onde um dos peritos vai retocar suas imagens com qualidade profissional, incluindo nitidez e muito mais.

Tipos de Desfoque

Vamos começar examinando quatro tipos diferentes de "desfoque":

Movimento da câmera é visto quando a câmera se move enquanto a foto é tirada. Mesmo que o movimento da câmera seja imperceptível para você, isso não significa que a câmera não irá registrar-lo . Nem todos os movimentos de câmera são acidentais ou errados. Panning é uma forma de movimento de câmera deliberada em que você segue um assunto em movimento para a mantê-lo no quadro.

Panning

Panning é uma forma deliberada de borrar a imagem através do movimento da câmera.

Assunto em movimento é quando porções estáticas da imagem, tais como o ambiente, saem nítidas enquanto as partes em movimento ficam borradas. Quando executado para efeito artístico os resultados podem ser realmente muito bonitos.

Subject Movement
Dançarinos orientais, deliberadamente borrados através da velocidade lenta do obturador.

A melhor maneira de evitar o movimento não intencional é ajustar o obturador com uma velocidade rápida o suficiente para congelar o movimento do assunto. Isso não significa sempre a maior velocidade possível. Por exemplo, 1/125 de segundo pode ser bom o suficiente para um assunto que está andando.

Se sua câmera não permite que você controle diretamente a velocidade do obturador, você pode ser capaz de enganá-la usando um modo predefinido pela camera como esportes, ação, crianças ou animais de estimação. Todos estes favorecem a velocidades do obturador mais rápidas.

Problemas de foco são outra causa comum para fotos borradas. Um olhar cuidadoso à foto abaixo irá revelar que o ponto de foco está nas costas do gato. Isso significa que seus olhos estão tecnicamente fora de foco.

Focus Problems
Gato sentado na cerca.

Difração vem em diferentes formas. Primeiro, com a abertura ajustada para um grau extremo (ou seja, f22), os raios de luz tem que dobrar tanto para atravessar a pequena abertura que degrada a nitidez da imagem na foto.

Em segundo lugar, lentes baratas tendem a causar difração através da má qualidade. As câmeras Holga desenvolveram um culto por esta mesma razão.

Por último, incrustação na lente como sujeira, óleo, pulverizador de sal, neblina ou condensação podem também suavizar sua imagem.

Condensation causes diffraction
Borboleta capturada através da condensação acumulada no elemento frontal da lente.

Agora que já abordamos as razões, vamos tentar corrigir algumas fotos borradas!

Vamos começar com os problemas mais simples para corrigir. Problemas de foco e difração são semelhantes porque não são baseados em movimento. O mais difícil destes é quando apenas uma parte da imagem é afetada.

Nesta foto, o nadador, que é obviamente o ponto focal, esta um pouco difuso. Quanto maior o grau do problema, mais difícil vai ser para corrigir. Este deve ser relativamente fácil.

Out-of-Focus Swimmer
Nadador solitário

Corrigindo Desfoque Causado Sem Movimento

1. Abrir uma cópia de sua imagem

Comece abrindo uma cópia da foto no Photoshop. Sempre trabalhe a partir de uma cópia!

Open in Photoshop
A janela principal do CS3

2. Duplicar a camada de fundo

Um passo adiante na ideia de trabalhar a partir de uma cópia, clique com o botão direito (ou Cmd+Clique) a camada de fundo na paleta camadas.

Selecione "Duplicar Camada" no menu contextual.

Duplicate the layer
Duplicar camada

3. Renomear a Camada

Por padrão, o Photoshop nomeará essa nova camada como "Cópia de plano de fundo", mas você tem a opção de renomeá-la como quiser. Para simplificar as coisas neste tutorial, já renomeei a minha como "Camada de trabalho" pois esta é a camada que faremos modificações.

Dando nomes significativos as suas camadas sera um salva-vidas quando você trabalhar em edições mais complexas com muitas camadas, cada uma para um tipo diferente de edição ou para editar partes diferentes da sua foto. Por exemplo, eu poderia ter chamado esta camada "nadador" se tivesse também uma camada onde eu editasse a "água". Nomeando as camadas apropriadamente torna muito mais fácil de entender o projeto como um todo.

Clique OK para criar a camada.

Name the duplicate layer
Renomeie a camada

4. Um pouco sobre Camadas

Agora, todas as modificações que faremos serão sobre esta camada de trabalho.

Imagine as camadas como folhas transparentes por cima da sua foto. Essa não é uma analogia perfeita, mas funciona para agora. Então definimos uma folha transparente e podemos rabiscar e escrever tudo sobre essa folha. Quando olhamos, vemos o que escrevemos por cima da foto original. Se não gostamos do que foi escrito, nós poderemos jogar a folha fora e a foto original está incólume.

A camada destacada é aquela onde todas as nossas edições serão feitas, certifique-se que a "camada de trabalho" está destacada. No meu sistema, a camada ativa é destacada em azul.

Active layer
Camada ativa, destacada em azul

Caso você esteja se perguntando, o globo ocular ao lado de cada camada indica se essa camada é ou não visível na tela (área de trabalho). Clique no globo ocular e este desaparece tornando essa camada invisível. Você não pode editar camadas invisíveis. Clique novamente e o globo ocular retornará.

5. Escolha a Ferramenta Laço

Agora usaremos a ferramenta Laço para traçar o contorno da área que pretendemos corrigir. Se a área é nitidamente definida e tem um contraste forte em seu entorno, você pode usar o Laço Magnético. Use a ferramenta Laço Poligonal somente se a área que deseja selecionar for composta inteiramente de linhas retas, como um retângulo, triângulo, etc.

Para selecionar qualquer uma das ferramentas Laço, clique e segure em qualquer uma das ferramentas que estiver mostrando na posição do Laço. Isso irá abrir uma barra de ferramentas flutuante, onde você pode escolher o tipo de Laço que você quer usar.

Toolbar Flyout

Escolher uma ferramenta Laço

6. Selecione a área a ser tratada

Com a ferramenta Laço (ou ferramenta Laço Magnético) selecionada, contorne a área que pretende corrigir. Para fazer isso, clique e segure o botão do mouse enquanto arrastar o cursor desenhando um contorno. Solte o botão do mouse quando você completar o contorno da área desejada.

Sua seleção deve estar bem próxima da mostrada aqui, mas não se preocupe tanto em deixa-la perfeitamente precisa.

Lasso Tool

Desenhe um laço em volta da parte que deseja editar

7. Suavizar as Bordas da Área de Seleção

Clique Selecionar > Modificar > Suavizar...

Suavizar fará com que o contorno ao redor de sua área de seleção fique mais difuso. Isso não aparecera dessa forma na tela (area de trabalho), mas sim uma vez que o efeito for aplicado para fazermos as modificações na foto.

Feather

Suavize suas bordas

8. Usando Suavizar

O benefício da difusão (Suavizar) é que suaviza a transição, fazendo que suas edições sejam encorporadas pela a foto.

A imagem abaixo demonstra como fica a aparência de suas edições se você não suavizar a área de seleção. Esta é uma única edição sem nenhuma tentativa de misturá-la.

Harsh transition

Edições groceiras (sem suavização nas bordas)

Não existem regras rígidas para o quanto Suavizar. A diretriz é que quanto mais sutis forem suas edições, menor o número de pixels que você precisará usar. Claro que quanto mais extremas forem suas edições, maior o número de pixels que você vai querer para uma área de transição.

Uma boa regra é entre 3-5 pixels. (A máximo que já usei foi 9 pixels e isso é muito extremo). Se você suavizar demais, você pode introduzir a difusão em uma grande área de sua foto.

Prever o tamanho de suas edições é algo que vem com a experiência. A boa notícia é que você pode experimentar. Afinal, o Photoshop vem com vários níveis de "Desfazer". Você está trabalhando em uma camada descartável e a partir de uma cópia da foto original. Você pode voltar sempre que tentar algo que não dê certo.

Select transition area

Escolha quantos pixels irá Suavizar

9. Aplicação Inteligente de Nitidez

O velho ditado, "há mais de uma maneira de esfolar um gato" cabe muito bem ao Photoshop. Existem várias maneiras de se fazer praticamente tudo. Nem todas elas renderão resultados idênticos, mas geralmente irão produzir resultados semelhantes.

Com isso em mente, irei lhe mostrar apenas uma maneira de afinar uma área embaçada devido a problemas de foco ou difração.

Clique Filtro >Tornar Nítido > Aplicação Inteligente de Nitidez.

É um equívoco comum entre os usuários do Photoshop que os filtros inteligentes só podem ser usados com Objetos Inteligentes ou Camadas de Ajustes. Isso não é verdade e eu gosto de como a Aplicação Inteligente de Nitidez funciona.

Select smart sharpen

Apenas uma das muitas maneiras de fazer uma imagem mais nítida.

10. Visualizar suas edições

Quando a caixa de diálogo aparecer, verifique se a caixa de seleção "Visualização" está marcada. Isto permite você veja as alterações feitas em tempo real. Isto é importante, pois você terá que fazer suas alterações "de olho". Ou seja, você altera os controles e presta atenção para ver como modifica a sua imagem.

Smart sharpen preview

Clique em Visualização para ver suas edições

11. Compreensão das opções e controles da Aplicação Inteligente de Nitidez.

Só posso dar orientações de como fazer ajustes pois cada foto é diferente.

Uma técnica útil para quando fizer ajustes "de olho", é temporariamente ajustar o controle deslizante bem acima de 150%. Você quer algo bem mais extremo do que você usará em sua edição final.

Assim quando você ajustar o controle "Raio", você verá facilmente as diferenças no painel de visualização. Geralmente eu prefiro manter o numero do "Raio" pequeno. Raramente você vai querer ir acima de 2 pixels e provavelmente ficará abaixo de 1 pixel.

Aqui, eu estabeleci o "Raio" em 0,4 pixels. Esta decisão foi baseada só de olhar para o painel de visualização.

Uma nota rápida sobre o menu suspenso "Remover". Tem apenas três opções, cada uma cobrindo um tipo diferente de Desfoque. Vá em frente e experimente cada uma das configurações, perceba a diferença de efeito no painel de visualização.

  • Desfoque Gaussiano geralmente se refere a problemas de foco ou a uma imagem totalmente difusa.
  • Desfoque de Lente é principalmente para difração ou suavidade causada por lentes de baixa qualidade ou filtros.
  • Desfoque de Movimento é para movimento de câmera ou do assunto e também ativa o controle de "Ângulo" assim poderá dizer ao Photoshop a direção do desfoque ou movimento.

Observe também que o efeito é aplicado somente dentro dos limites da sua área de seleção. Esse é o propósito de definir uma área de seleção!

Adjusting the radius

Um bom truque para visualizar a configuração de "Raio".

12. Finalize a quantidade de Nitidez

Agora com seu "Raio" selecionado, reduza o controle deslizante "Quantidade" até conseguir um efeito mais realista.

Pode ser útil ampliar a imagem no Painel de Visualização. Mesmo que não possa ver toda a área de seleção, você pode "agarrar" a imagem clicando e arrastando com o mouse. Veja detalhes importantes, como os olhos, para obter uma ideia do efeito das suas edições.

Geralmente você não vai querer ampliar (zoom) mais que 300% - 400%. Mesmo neste nível, a imagem já pode mostrar defeitos de pixel além das suas edições.

Zooming in on the preview

Pixelização em zoom extremo.

13. Verificar o resultado

Ao se afastar dos controles, você verá o resultado no Painel de Visualização. Você também será capaz de ver a área de transição onde suavizou a seleção.

Se a transição não estiver suficientemente suave, cancele a operação e volte ao passo 7.

Se a pixelização estiver muito extrema no Painel de Visualização, reduza o zoom para ter uma noção melhor do efeito. Quando estiver feliz com o resultado, clique em OK para aplicar suas alterações.

Agora faca a comparação entre o antes e o depois!

Clicando repetidamente no ícone do olho ao lado da sua camada de trabalho, você poderá alternar entre a imagem original e a imagem alterada. Assim você poderá ver o resultado do antes e depois de suas edições.

Neste exemplo, o nadador estava levemente difuso. Exemplos e ou edições mais extremos podem produzir resultados mais óbvios, mas estes também serão mais difíceis de produzir um resultado natural.

Before and After

Compare o antes e o depois.

14. Achatar a Imagem

Você pode salvar sua foto editada em qualquer etapa ao longo do caminho, mas para usá-la, é provável que precise transforma-la em um formato universal. JPG e PNG são dois formatos universais muito comuns. O lance é que estes não suportam imagens com múltiplas camadas.

Então antes que possa salvar, você terá que combinar as camadas em uma só. Isso é chamado de "Achatamento" da imagem.

Para achatar sua imagem, clique com o botão direito do mouse (ou Cmd+Clique) em uma das camadas. Saiba que certos tipos de camadas (existem muitos tipos diferentes de camadas que não abrangemos neste tutorial) não apresentarão a opção de Achatar Imagem. Clicar com o botão direito do mouse sobre a Camada de Fundo é sempre uma aposta segura.

No menu que aparece, selecione "Achatar Imagem". É sempre a última opção.

Flatten Image

Achatar Imagem

16. Salve o Arquivo Final

Você vai notar quando você achatar a imagem que todas as suas camadas desaparecem instantaneamente, mas todas as suas edições ainda estão intactas. Elas agora são parte da imagem base.

Agora você pode clicar em Arquivo > Salvar (ou Arquivo > Salvar Como...) e então feche sua imagem recém-tratada.


Corrigindo Desfoque Causado por Movimento.

Desfoque baseado em movimento é causado pelo movimento da câmera ou do assunto. As mesmas técnicas são usadas para corrigir os dois. A correção do movimento do assunto é feita seletivamente, como fizemos acima, mas deixe-me mostrar-lhe uma maneira diferente de fazer a mesma coisa.

Comece abrindo a foto e criando uma camada de trabalho, conforme descrito nas etapas 1-4 acima.

3. Usando Máscaras de Camada

Agora vamos adicionar uma máscara de camada. Lembra na etapa 4, quando eu disse que era uma analogia imperfeita dizer que camadas eram como folhas de transparência? As camadas que estamos trabalhando são mais como cópias da foto original, exceto que partes delas podem ser seletivamente transparentes. Isso é o que vamos fazer agora.

Na parte inferior da paleta de camadas, clique no ícone que se parece com um círculo no interior de um quadrado. Isso adiciona uma máscara na camada (destacada) ativa.

Layer Mask

Máscara de Camada (observe a linha dupla na borda)

4. Compreendendo como manipular as Máscaras de Camada

A camada ainda é uma cópia da foto original, mas a Máscara de Camada permite que você faça algumas partes da imagem transparentes ou opacas. Quando você pinta a máscara de preto, você faz a parte pintada ficar transparente e a camada subjacente torna-se visível. Quando pintada de branco (padrão), a camada fica opaca e abrange parte da camada subjacente.

Para ilustrar isso, vamos ter que passar por algumas etapas para entender como pintar em camadas e máscaras.

Observe que a máscara (o retângulo branco na paleta de camadas o qual a seta grande esta apontando) tem uma borda de linha dupla. Isso significa que se você pintar na "imagem" você estará, de fato, pintando a máscara.

No Photoshop, todas as edições e pinturas são feitas na imagem grande que você vê em sua tela (Área de Trabalho). E só verificando a paleta de Camadas pra saber em qual camada ou máscara a tinta está sendo aplicada.

Observe nesta etapa que a camada da imagem tem a linha dupla na borda. Isso significa que o "X" amarelo brilhante foi pintado na imagem. Você pode ver o "X" na miniatura da imagem na camada.

Yellow X

"X" amarelo brilhante pintado na camada

5. Escolha suas ferramentas

Para selecionar entre qualquer imagem ou máscara, basta clicar sobre esta na paleta de camadas. A camada selecionada ficará destacada e a linha dupla aparecerá na borda da miniatura que você clicou. Assim você saberá onde sua tinta vai ser aplicada.

O Photoshop memoriza as cores e ferramentas que você estava usando em cada parte de uma imagem, por isso é importante que primeiro escolha a camada e/ou máscara que você quer trabalhar e em seguida verifique as ferramentas e cores selecionadas antes de começar a trabalhar na camada.

Vamos fazer uma parte da camada transparente, portanto eu selecionei a máscara (vou te mostrar na próxima etapa) e agora eu quero ter certeza que eu estou usando a ferramenta Pincel e que este pintará em preto.

Tool and Color Selection

Só selecione suas ferramentas e cores depois de ter escolhido a camada ou máscara a qual você queira trabalhar.

6. Demonstrando a Transparência Seletiva da Camada

Depois que verifiquei tudo, pintei a máscara da camada de trabalho de preto. Você pode ver na miniatura da camada que o "X" amarelo ainda está na foto. Você verá também o rabisco preto que pintei na miniatura da máscara na mesma camada.

Na imagem principal, você poderá ver que o efeito é para "apagar" parte do "X" amarelo. Na realidade, tudo que fiz foi torná-lo transparente revelando a imagem subjacente. Já que as imagens nas camadas são idênticas, parece que o "X" foi apagado.

Mask Demo

Magicamente invisível

7. Voltando ao Assunto

Agora que demonstrei como a máscara da camada funciona, vamos sair desse pequeno desvio e prosseguir com a nossa tentativa de limpar o desfoque em movimento desta imagem.

Parte da limpeza implica em excluir a camada de trabalho que estávamos usando, uma vez que esta foi usada para demonstrar como camadas funcionam. Eu a substituí por uma nova camada de trabalho limpa.

Observe que o primeiro plano e o fundo da imagem estão nítidos, já o assunto no entanto se mexeu e está desfocado.

Subject Blur

Nova camada de trabalho

8. Corrigindo o Desfoque de Movimento

Em vez de criar uma área de seleção, nós vamos tornar toda imagem na camada mais nítida, e depois usar a máscara pra esconder as partes que não precisaremos. Em seguida posso fazer uma Aplicação Inteligente de Nitidez. A diferença é que agora eu vou configurá-lo para corrigir o desfoque de movimento e usar o controle do "Ângulo" pra dizer pro Photoshop a direção do movimento.

Observe que estou usando configurações muito maiores aqui do que no exemplo anterior. Isso é porque:

  1. O grau de desfocagem é maior, então eu preciso de uma correção mais forte para consertá-lo, e
  2. Foram estas as configurações que me pareceram melhores, usando como base os detalhes finos da malha no seu capacete e a textura em sua camisa.
Smart Sharpen

Configurações da Aplicação Inteligente de Nitidez

9. Mascarando as partes nitidas da imagem original

Durante as minhas edições na etapa anterior, você deve ter notado no painel de visualização que as partes nítidas, principalmente o fundo, ficaram muito piores. É aí que entra a máscara de camada!

Então eu vou selecionar a máscara de camada e pintar com preto sobre as partes que não quero aplicar a Nitidez Inteligente.

Observando cuidadosamente, você irá notar na miniatura da máscara que eu pintei preto, branco e cinza. É isso mesmo, você pode pintar qualquer cor que quiser na máscara de camada. Geralmente eu só uso tons de cinza. As cores pintadas sobre uma máscara não vão colocar cor na sua imagem. Em vez disso, o Photoshop irá converter a cor para P&B em seguida, usar a tonalidade da cor como se fosse um tom de cinza.

Ao pintar com tons de cinza, isso fará com que a área pintada se torne semi-transparente. Se uso 50% de cinza sobre a fumaça no primeiro plano, isso significa que 1/2 do efeito de nitidez será mostrado através dessa camada. Este pequeno truque dá-lhe um controle enorme sobre como suas edições serão aplicadas às suas imagens.

Edits Applied

Pintando preto, branco e tons de cinza na máscara de camada para gradação mais sutis.

10. O Efeito Final

A imagem final ainda não está perfeita mas está muito melhor.

Final Image Comparison
A imagem final mais nítida - Antes e Depois

Espero que este tutorial tenha lhe dado uma boa idéia sobre desfoque e como escondê-lo. Também abordamos aqui o uso de camadas e máscaras de camada para que tenha maior controle sobre sua pós-produção.

Se tiver perguntas ou sugestoes de métodos alternativos de nitidez, poste um comentário abaixo!

Advertisement
Advertisement
Advertisement
Looking for something to help kick start your next project?
Envato Market has a range of items for sale to help get you started.